Árbitro sujeito a teste de álcool minutos antes de um jogo em França

Aconteceu no duelo de sub-18 entre o SCAC e o Groupement Haut Cher

Um árbitro foi sujeito, em França, a um teste de alcoolemia imediatamente antes de um jogo, depois de uma denúncia da equipa da casa, que alegava que o oficial "exalava um forte cheio a álcool", aliado ao comportamento estranho que apresentava.

A polícia foi chamada ao local do encontro de sub-18 entre o SCAC e o Groupement Haut Cher, no passado dia 16, para realizar a prova, que deu negativa. E segundo a 'Marca', as críticas à equipa da casa "não tardaram em chegar", visando o comportamento da formação caseira, que partiu para uma acusação sem qualquer tipo de provas.

A União de Associações Familiares, responsável pela equipa de arbitragem do jogo em questão, classificou o acontecimento como "indescritível e intolerável", acrescentando que vivemos "num mundo de loucos".

"Estamos a chegar a um nível inexplicável... queremos denunciar a atitude de certos dirigentes que perderam a cabeça por completo. Estamos muito chocados com o que aconteceu", referiu Julin Alligier, presidente da associação.

Também Nicolas Vergnaud, responsável do SCAC, se manifestou, garantindo que se baseou "no testemunho do treinador e de vários pais de jogadores". "Cheguei mais tarde ao jogo e vi que o treinador me tinha deixado várias mensagens. De maneira alguma quis acusar um colega [n.d.r.: Vergnaud também é árbitro]". Já o Groupement Haut Cher adiantou que não notou qualquer comportamento estranho no oficial, e até defendeu a equipa da casa, garantindo que pode ter sido um julgamento "proveniente do stress".
Por Record
Deixe o seu comentário

Últimas Notícias

Notícias
Subscreva a newsletter

e receba as noticias em primeira mão

Ultimas de França

Notícias

Notícias Mais Vistas