Diretor do desportivo do PSG repreendeu Neymar diante de todo o plantel

Brasileiro apresentou-se em Paris com uma semana de atraso

• Foto: Reuters

O jornal catalão 'Sport' escreve esta manhã que Leonardo, o diretor desportivo do PSG, repreendeu Neymar diante de todo o plantel quando o jogador brasileiro se apresentou ao trabalho com uma semana de atraso. Leonardo avisou que as regras internas do clube são para cumprir.

O antigo jogador, que sucedeu a Antero Henrique no cargo, afiançou que os privilégios acabaram e garantiu que Neymar será castigado pelo clube por causa do atraso. Vai ter de pagar a multa mais alta prevista no regulamento interno.

Num tom de voz alto, que não permitia grandes dúvidas, Leonardo recordou que enquanto os restantes jogadores trabalhavam no duro, Neymar já tinha cumprido um mês de férias desde que se lesionara a 6 de junho, num particular da seleção canarinha contra o Qatar, tendo permanecido injustificadamente mais uma semana no Brasil.

Leonardo pediu aos jogadores o máximo empenho e rigor profissional, bem como para que evitem comportamentos frívolos.

Recorde-se que craque brasileiro já manifestou aos dirigentes do clube francês a intenção de sair.

Deixe o seu comentário

Últimas Notícias

Notícias
Subscreva a newsletter

e receba as noticias em primeira mão

ver exemplo

Ultimas de França

Notícias

Notícias Mais Vistas

Copyright © 2019. Todos os direitos reservados. É expressamente proibida a reprodução na totalidade ou em parte, em qualquer tipo de suporte, sem prévia permissão por escrito da Cofina Media S.A. Consulte a Política de Privacidade Cofina.