Draxler diz que PSG mereceu ser eliminado e lembra: «Gastámos 400 milhões»

Médio alemão atira-se ao projeto do clube liderado por Nasser Al-Khelaifi

Draxler numa disputa de bola com Lucas Vazquez
• Foto: Reuters
O PSG foi afastado da Liga dos Campeões, terça-feira, após a derrota com o Real Madrid, que venceu por 2-1 o jogo disputado na capital francesa, e o médio alemão Julian Draxler, que entrou em campo aos 71 minutos, não poupou críticas ao treinador Emery nem ao projeto do clube parisiense, liderado por Nasser Al-Khelaifi.

"O Real Madrid jogou tranquilamente e não estava nervoso. Nós passamos a bola, mas não podes ganhar apenas com isso. Era preciso pressionar o Real Madrid quando estás a perder por 1-3. Não chegam apenas fazer passes e esperar que o golo caia do céu. Merecemos ser eliminados. Este verão gastámos 400 milhões de euros e dissemos que era para mudar, mas no final não passamos nem desta ronda", afirmou Draxler à imprensa francesa.

O médio alemão, de 24 anos, confessou ainda não ter compreendido a tática adoptada por Emery para uma eliminatória que o PSG partia em desvantagem (1.ª mão terminou com vitória do Real Madrid, por 3-1): "Sinceramente não entendi. Tinhamos acabado de empatar 1-1, mas esse resultado nada mudava e por isso pensei que seria melhor continuar a atacar. Mas não sei o que aconteceu. Fiquei surpreendido e chateado."

Deixe o seu comentário

Últimas Notícias

Notícias
Subscreva a newsletter

e receba as noticias em primeira mão

ver exemplo

Ultimas de França

Notícias

Notícias Mais Vistas