Jardim: «É melhor nem repetir o que disse aos jogadores ao intervalo»

Empate deixa Jardim furioso

• Foto: Reuters

O empate em casa (2-2) frente ao Gazélec não estava certamente nos planos de Leonardo Jardim, que se mostrou muito insatisfeito com o rendimento do Monaco. A consequência direta deste dececionante resultado foi a queda da equipa do técnico português para o terceiro lugar da Ligue 1.

"Fiquei furioso. É melhor não repetir o que disse aos jogadores ao intervalo...", atirou Jardim no final do encontro, sobre a péssima primeira parte do seu conjunto, que se traduziu em dois golos oferecidos ao recém-promovido que completou o 10º jogo sem perder na liga. "Não retiro nada de positivo deste jogo, nem mesmo o facto da nossa recuperação. O jogo tem 90 minutos e temos de estar atentos durante toda a partida, o que não aconteceu. Não acertávamos três passes seguidos e nem rematávamos na primeira parte. Temos jogadores com qualidade, temos a obrigação de fazer melhor", alertou o técnico de 41 anos, que apostou em Carvalho, Coentrão, Moutinho e Hélder Costa no onze.

Carvalho marca no 100.º jogo

A cumprir a 3ª época em França, Ricardo Carvalho esteve em destaque ao fazer o empate aos 73’, naquele que foi o primeiro golo do internacional português de 37 anos ao serviço dos monegascos, no 100º encontro pelo clube: o central tornou-se no jogador mais velho a marcar pelo Monaco, superando Ludovic Giuly.

Por Diogo Jesus
Deixe o seu comentário

Últimas Notícias

Notícias
Subscreva a newsletter

e receba as noticias em primeira mão

ver exemplo

Ultimas de França

Notícias

Notícias Mais Vistas

Copyright © 2020. Todos os direitos reservados. É expressamente proibida a reprodução na totalidade ou em parte, em qualquer tipo de suporte, sem prévia permissão por escrito da Cofina Media S.A. Consulte a Política de Privacidade Cofina.