Jogador acusado de racismo responde a Neymar: «Às vezes é preciso aprender a perder...»

Álvaro González diz que tem "uma carreira limpa" e garante que não é racista

• Foto: Reuters

O espanhol Álvaro González, acusado por Neymar de ter proferido insultos racistas durante o jogo de ontem do PSG com o Marselha, que terminou com a vitória da equipa treinada por André Villas-Boas, por 1-0, recorreu às redes sociais para garantir que tem "uma carreira limpa" e que não é racista.

Neymar, um dos cinco jogadores expulsos no jogo, garante que Álvaro González o apelidou de "macaco" e saiu do campo muito irritado, desabafando depois nas redes sociais.

O jogador do Marselha considera que tudo não passa de mau perder. "Não há lugar para racismo. Tenho uma carreira limpa, com muitos companheiros e amigos no dia a dia. Às vezes é preciso aprender a perder e assumi-lo em campo. Três pontos Incríveis. Allez OM. Obrigado família", escreveu Álvaro González no Twitter. 

Por Record
3
Deixe o seu comentário

Últimas Notícias

Notícias
Subscreva a newsletter

e receba as noticias em primeira mão

ver exemplo

Ultimas de França

Notícias

Notícias Mais Vistas

Copyright © 2019. Todos os direitos reservados. É expressamente proibida a reprodução na totalidade ou em parte, em qualquer tipo de suporte, sem prévia permissão por escrito da Cofina Media S.A. Consulte a Política de Privacidade Cofina.