Jogo 200 à vista para Leonardo Jardim

Visita a Montpellier será especial para o técnico português, que continua a fazer história no clube

• Foto: Reuters

Garantida a presença nas meias-finais da Taça da Liga, o Monaco prepara já a visita de amanhã a Montpellier, onde Leonardo Jardim vai cumprir o jogo 200 ao comando da turma monegasca. Um registo notável para o português, a juntar a outros feitos já alcançados no clube onde chegou no verão de 2014. "Estou próximo do top 3 dos treinadores com mais jogos pelo Monaco e fico feliz por chegar a esta marca", admitiu ontem o técnico, que se isolará no 4º posto de uma lista em que apenas tem Arsène Wenger (349), Lucien Leduc (345) e Didier Deschamps (208) à sua frente - este último ficará para trás já em fevereiro; os dois primeiros só os deverá alcançar se ficar no clube para além de 2020, ano em que acaba contrato.

Ainda assim, Jardim, que regista a melhor percentagem de vitórias (56,3%) entre os técnicos com mais encontros pelo Monaco, espera um jogo difícil. "O Montpellier tem um plantel muito equilibrado, com muitos jogadores de qualidade. Mas temos de ser melhores do que o adversário e conquistar os três pontos", alertou o português, que procura a 7ª vitória seguida - uma série iniciada após a derrota com o FC Porto no adeus à Champions.

Jardim revelou que Carrillo e Falcão não deverão ser opções amanhã devido lesões, mas confia nos jogadores que tem disponíveis. E não teve dúvidas em admitir que receia perder Thomas Lemar. "A sua saída não está prevista, mas o mercado está aberto e se os valores forem altos, isso pode mudar. Claro que Lemar é muito importante para nós. Se eu ficar dez anos no Monaco, gostaria de manter Lemar durante os dez anos", concluiu o técnico.

Por José Angélico
Deixe o seu comentário

Últimas Notícias

Notícias
SUBSCREVA A NEWSLETTER RECORD GERAL
e receba as notícias em primeira mão

Ultimas de França

Notícias

Notícias Mais Vistas