Lateral belga que trocou PSG pelo Dortmund acusa dirigentes do clube francês: «Cobardes!»

Thomas Meunier conta que a sua saída do Parque dos Princípes não foi propriamente pacífica

• Foto: EPA

Thomas Meunier, lateral belga que trocou o PSG pelo Borussia Dortmund esta época, contou numa entrevista à cadeia de TV RTBF, que ficou numa situação complicada no campeão francês a partir do momento em que os dois clubes começaram a negociar a sua transferência. 

"Quase que compliquei as coisas com o Dortmund para que me deixassem jogar a Champions com o PSG. Queria colocar a minha etapa dessa forma. Depois, falei com o Leonardo [diretor desportivo do PSG], que me perguntou se estava preparado para a Liga dos Campeões. 'Estou a 100 por cento', disse-lhe. Mas o que leio pouco depois? Que não quero renovar e que sou mal-agradecido", contou o futebolista.

Meunier apelida mesmo os responsáveis do PSG de "cobardes". "O facto de o PSG não ter chegado a acordo  com o Dortmund não quer dizer que eu tivesse recusado a renovação. Nem cheguei a receber uma proposta, porque antes os clubes tinham de chegar a acordo. O que o Leonardo disse não foi verdade e agora, depois de toda esta merda, entendo: o PSG não queria que eu ficasse. Nem me chamaram para me dizer que tinha ir embora, foi o meu empresário quem teve de averiguar a situação por email. Um pouco cobardes..."

O belga conta que no dia seguinte à receção do email, foram programadas as provas físicas nas quais ele queria estar presente. Mas o clube proibiu-o de contactar qualquer companheiro de equipa, alegadamente por causa do coronavírus. "Nem queria acreditar. Telefonei ao Leonardo, mas ele não mudou de opinião. Não queria que eu me juntasse aos outros jogadores e lhes 'metesse ideias na cabeça'. Pedi-lhe para fazer as minhas provas físicas porque depois de três meses sem treinar precisava de saber em que ponto estava. Acabou por aceder, mas sem contactar com ninguém do grupo. Isto não é profissional, correto ou respeitoso. O PSG não chegou a acordo com o Dortmund e colocaram as culpas em mim." 

Deixe o seu comentário

Últimas Notícias

Notícias
Subscreva a newsletter

e receba as noticias em primeira mão

ver exemplo

Ultimas de França

Notícias

Notícias Mais Vistas

Copyright © 2020. Todos os direitos reservados. É expressamente proibida a reprodução na totalidade ou em parte, em qualquer tipo de suporte, sem prévia permissão por escrito da Cofina Media S.A. Consulte a Política de Privacidade Cofina.