Record

Leonardo Jardim: «Mbappé não jogar foi decisão do clube»

Técnico explica por que é que o prodígio do Monaco ficou no banco de suplentes

• Foto: Reuters
O Monaco goleou o Dijon por 4-1 num jogo em que Falcão fez um hat-trick e Mbappé... não saiu do banco de suplentes. No final do jogo, Jardim explicou por que é que o prodígio francês não jogou.

"Foi uma decisão do clube e quando digo clube, digo as pessoas que tomam decisões aqui. Como o jogo foi ficando mais fácil, dei minutos a outros jogadores pois todos devem estar preparados. A partir do próximo mês temos a Champions e vamos precisar de todos", disse, em conferência de imprensa no final da partida. Numa altura em que o futuro do craque, de 18 anos, tem sido associado ao PSG de Antero Henrique, soou a reprimenda esta posição do Monaco que, segundo a imprensa francesa, não tem gostado da posição assumida por Mbappé em relação ao mercado de transferências.

Já em exclusivo a Record, Leonardo Jardim mostrou-se contente com o triunfo num palco onde o Monaco havia empatado na época passada. "Boa vitória num terreno difícil. No ano passado perdemos pontos aqui, perdemos dois. Agora é continuar a trabalhar. Bom início de época? Claro que sim apesar de não termos ganho a Supertaça francesa. Mas para o campeonato é um bom início, conquistámos três pontos em casa, o que era importante porque há muitos anos que isso não acontecia ao clube. A primeira vitória fora de casa também é importante para a confiança, principalmente para os jogos que chegaram", disse.

Perspetivando já a próxima jornada, Jardim explica que o segredo é manter esta atitude: "Vamos continuar com a mesma forma de estar. Temos de continuar com uma atitude positiva e procurar sempre praticar um bom futebol. Queremos dar um bom espetáculo. E, claro, sempre procurar os três pontos."  
Por Hugo Neves e Marco Martins
Deixe o seu comentário

Últimas Notícias

Notícias
SUBSCREVA A NEWSLETTER RECORD GERAL
e receba as notícias em primeira mão

Ultimas de França

Notícias

Notícias Mais Vistas

M