Liga francesa pode mesmo ter 22 equipas na próxima época

Mediapro, futura detentora dos direitos televisivos, não se opõe ao aumento do número de equipas

O Conselho de Estado de França, a mais alta instância administrativa do país, confirmou o fim antecipado da liga francesa, devido à pandemia da Covid-19, mas anulou as despromoções de Amiens e Toulouse. Nesse sentido, os responsáveis pelo campeonato gaulês procuram agora uma forma de cumprir a determinação das autoridades e a solução pode mesmo passar pelo aumento do número de equipas na próxima temporada. De 20 passar a 22.

A Mediapro, grupo difusor de televisão que vai ficar com a maior parte dos direitos televisivos da liga francesa a partir da próxima época, não se opõe.

"A Ligue 1 a 22 equipas não será um problema para a Mediapro", afirmou fonte da estação, ao L’Équipe.

A Mediapro assinou um contrato com a liga francesa para transmitir oito jogos por jornada do campeonato, entre 2020 e 2024, a troco de 780 milhões de euros. Os outros dois jogos por ronda pertencem à Bein Sports, que pagou 330 milhões. A questão neste momento é quem ficaria com os direitos de transmissão dos jogos adicionais em cada jornada.

Por Miguel Custódio
Deixe o seu comentário

Últimas Notícias

Notícias
Subscreva a newsletter

e receba as noticias em primeira mão

ver exemplo

Ultimas de França

Notícias

Notícias Mais Vistas

Copyright © 2020. Todos os direitos reservados. É expressamente proibida a reprodução na totalidade ou em parte, em qualquer tipo de suporte, sem prévia permissão por escrito da Cofina Media S.A. Consulte a Política de Privacidade Cofina.