Marcelo Bielsa terá de pagar 300 mil euros ao Lille

Treinador pedia indemnização de 18 milhões de euros mas acabou por ele o condenado

O argentino Marcelo Bielsa, ex-treinador de futebol do Lille, que negava a sua demissão por má conduta, foi esta segunda-feira condenado a pagar 300 mil euros ao clube pelo abuso do direito de processar.

Bielsa, que assumiu o cargo de treinador em 1 de julho de 2017, está em conflito com o Lille, depois de ter sido demitido por "falhas graves", em dezembro de 2017, como consequência de resultados dececionantes.

O treinador argentino contestou a sua demissão e reivindicou junto das instâncias judiciais o pagamento de mais de 18 milhões de euros por parte do clube, 12,9 milhões de euros por salários em falta e cerca de 5 milhões por danos sofridos.

O ex-treinador da equipa francesa esperava que o Tribunal condenasse o clube por incumprimento, o que resultaria na abertura de um processo de falência, mas o juiz rejeitou a alegação do argentino e acabou por condená-lo a ele.

A decisão foi tomada hoje pelo Tribunal do Comércio de Lille, mas a batalha judicial entre o técnico e o Lille prosseguirá em 13 de março, em tribunal que julga a execução ou rutura de contratos de trabalho.

Por Lusa
Deixe o seu comentário

Últimas Notícias

Notícias
Subscreva a newsletter

e receba as noticias em primeira mão

ver exemplo

Ultimas de França

Notícias

Notícias Mais Vistas

Copyright © 2020. Todos os direitos reservados. É expressamente proibida a reprodução na totalidade ou em parte, em qualquer tipo de suporte, sem prévia permissão por escrito da Cofina Media S.A. Consulte a Política de Privacidade Cofina.