Monaco ultrapassa Chelsea por Golovin

Médio russo estava a negociar com os ingleses, mas faz hoje exames médicos e custa 30 M€

• Foto: Reuters

Ora vende, ora compra. Na mesma semana em que João Moutinho saiu para o Wolverhampton, o Monaco prepara-se para contratar Aleksandr Golovin. O russo, um dos destaques do Mundial, realiza hoje exames médicos e deverá ser anunciado amanhã.

"Finalmente chegámos a acordo para a transferência de Golovin. É um contrato de 5 anos", confirmou Vadim Vasilyev, vice-presidente do Monaco, ao jornal ‘Sport Express’. As palavras do dirigente demonstram algum alívio, provavelmente pela concorrência pelo jogador russo, de 22 anos. O Chelsea esteve em negociações adiantadas com o CSKA, mas o Monaco venceu a corrida. A proposta dos franceses foi superior – 30 milhões de euros contra 25 milhões dos ingleses – e o projeto apresentado agradou mais. Barcelona e Juventus também foram associados ao médio. Golovin é o reforço mais caro de Leonardo Jardim neste mercado, superando os 20 milhões de euros investidos em Geubells, contratado ao Lyon.

Rony Lopes bisa

No dia em que fechou mais uma transferência, o Monaco realizou um jogo particular com o Bochum. O resultado foi um empate a dois golos, sendo que Rony Lopes bisou pela equipa monegasca. "Mais um duro teste e bons momentos. Estou feliz pelos dois golos e por me sentir melhor fisicamente", escreveu o médio português nas redes sociais. Pelé também foi titular frente aos alemães.

Entretanto, Leonardo Jardim tem mais uma opção para continuar a preparar a próxima época: é que o colombiano Radamel Falcão regressou ao trabalho depois da participação no Campeonato do Mundo. O primeiro encontro oficial do Monaco é a 4 de agosto, contra o PSG, na Supertaça.

Por David Novo
Deixe o seu comentário

Últimas Notícias

Notícias
Subscreva a newsletter

e receba as noticias em primeira mão

ver exemplo

Ultimas de França

Notícias

Notícias Mais Vistas

Copyright © 2020. Todos os direitos reservados. É expressamente proibida a reprodução na totalidade ou em parte, em qualquer tipo de suporte, sem prévia permissão por escrito da Cofina Media S.A. Consulte a Política de Privacidade Cofina.