Neymar volta aos relvados no início de maio

Recuperação do brasileiro dá ânimo a dirigentes do PSG

• Foto: Reuters

Segundo avança o site brasileiro UOL Esporte, Neymar voltará a França no final de abril para se integrar novamente nas dinâmicas e rotinas da equipa e se certificar que estará totalmente recuperado da lesão, tendo como principal objetivo ganhar ritmo competitivo de forma a poder disputar o Mundial’2018 pela seleção brasileira.

Aquando da lesão sofrida diante do Marselha, no final de fevereiro, num jogo a contar para a liga francesa, muito se especulou que dificilmente Neymar voltaria a vestir a camisola do Paris Saint-Gemain esta temporada. No entanto, de acordo com esta informação, o processo de recuperação do jogador de 25 anos está mais avançado do que inicialmente anunciado, estando previsto o seu regresso à competição no início de maio.

Se se confirmar o regresso aos relvados de Neymar dentro de um mês, o avançado ainda poderá ir a tempo de disputar a reta final do campeonato francês (que parece muito bem encaminhado para os parisienses) e uma hipotética final da Taça de França (PSG defronta o Caen na meia-final), cuja conquista seria considerada importante para a equipa comandada por Unai Emery.

"Não houve qualquer favor fiscal na contratação de Neymar"

Entretanto, o ministro das finanças francês Gérald Dermanin rejeitou as acusações de que é alvo no livro "PSG: revelações de uma revolução" em relação a um suposto perdão fiscal na contratação de Neymar por parte do Paris Saint-Germain.

"Não houve qualquer favor fiscal na contratação de Neymar", afirmou Dermanin em entrevista a uma cadeia de televisão francesa.

"Tudo foi feito dentro das leis fiscais do país. Vale a pena que Neymar pague os seus impostos em França em vez de pagar noutro país. O sr. Neymar paga o que tem a pagar", concluiu.

Deixe o seu comentário

Últimas Notícias

Notícias
Subscreva a newsletter

e receba as noticias em primeira mão

ver exemplo

Ultimas de França

Notícias

Notícias Mais Vistas

Copyright © 2020. Todos os direitos reservados. É expressamente proibida a reprodução na totalidade ou em parte, em qualquer tipo de suporte, sem prévia permissão por escrito da Cofina Media S.A. Consulte a Política de Privacidade Cofina.