Presidente do Monaco admite que Leonardo Jardim não foi sua escolha

Dimitri Rybolovlev assume também que pode ter de o deixar sair

• Foto: Vítor Chi

O presidente do Monaco, Dimitri Rybolovlev, admitiu que não ficou impressionado com Leonardo Jardim quando o conheceu e que confiou na escolha do vice-presidente, Vadim Vasilyev.

Dimitri Rybolovlev
"Lembro-me do primeiro encontro. E ficou seduzido? Não (risos). Conheci-o num almoço em Lisboa, por ocasião da Final da Liga dos Campeões. A escolha já estava feita por Vadim [vice-presidente do Monaco], e eu tinha confiança nele. Mas Jardim não comunicou muito. Praticamente não conversámos", recordou Rybolovlev em entrevista ao 'L'Équipe'.

O presidente do campeão francês reconhece ainda que pode não ser fácil segurar o treinador português assim como alguns jogadores e está disposto a deixá-los ir: "Não nos cabe decidir o lugar das pessoas, bloqueá-las. Não temos problemas de dinheiro e não estamos obrigados a vender, mas no dia em que um jogador ou um treinador quiser sair, é inimaginável mantê-lo contra a sua vontade. Não somos o Real Madrid, nem o Barcelona, nem o Manchester. Todos têm o direito de procurar mais para a sua carreira. Não vamos reter ninguém contra a sua vontade", disse.

Leonardo Jardim chegou ao Monaco na época 2014/2015, levando a equipa a sagrar-se campeã de França esta temporada, 17 anos depois. O técnico português tem contrato até 30 de junho de 2019.

Por Marta Correia Azevedo
Deixe o seu comentário

Últimas Notícias

Notícias
Subscreva a newsletter

e receba as noticias em primeira mão

ver exemplo

Ultimas de França

Notícias

Notícias Mais Vistas

Copyright © 2019. Todos os direitos reservados. É expressamente proibida a reprodução na totalidade ou em parte, em qualquer tipo de suporte, sem prévia permissão por escrito da Cofina Media S.A. Consulte a Política de Privacidade Cofina.