Racismo e homofobia: Álvaro González e Neymar podem não jogar mais este ano

Jogadores desentenderam-se em campo e podem ser agora alvo de duras sanções

A carregar o vídeo ...
As imagens que mostram toda a confusão entre Neymar e Álvaro González

O jornal francês 'L'Équipe' escreve esta terça-feira que Álvaro González, jogador do Marselha, e Neymar, avançado do PSG, podem ser punidos com 10 jogos de suspensão, o que significaria que nenhum deles voltaria a jogar este ano no campeonato.

Em causa o desentendimento ocorrido entre os dois jogadores no Parque dos Príncipes, que a equipa treinada por André Villas-Boas ganhou. Neymar acusa o jogador espanhol de proferir insultos racistas e Álvaro diz por sua vez que o brasileiro fez comentários homofóbicos. O artigo 9 do regulamento da Liga francesa tem mão pesada - nove ou dez jogos - para "qualquer insulto por motivo de ideologia, raça, nacionalidade ou etnia".  

O veredicto da Liga sobre este caso deve ser conhecido dentro de uma ou duas semanas, depois de uma minuciosa análise por parte dos especialistas da liga.

PSG e Marselha veem e reveem, por sua vez, os vários ângulos das imagens televisivas com vista a esclarecer a fazer a defesa dos respetivos jogadores.

Por Record
17
Deixe o seu comentário
Subscreva a newsletter

e receba as noticias em primeira mão

ver exemplo

Ultimas de França

Notícias

Notícias Mais Vistas

Copyright © 2019. Todos os direitos reservados. É expressamente proibida a reprodução na totalidade ou em parte, em qualquer tipo de suporte, sem prévia permissão por escrito da Cofina Media S.A. Consulte a Política de Privacidade Cofina.