UEFA mandata inspetor de Ética e Disciplina para analisar PSG-Estrela Vermelha

Em causa estão os distúrbios nas bancadas durante o jogo da Liga dos Campeões

• Foto: EPA

A UEFA anunciou esta quinta-feira ter mandatado um inspetor do seu Conselho de Controlo, Ética e Disciplina para analisar o sucedido no jogo entre o Paris Saint-Germain (PSG) e o Estrela Vermelha, da Liga dos Campeões de futebol.

O organismo que rege o futebol europeu reuniu-se esta quinta-feira, mas não foi conclusivo em relação ao jogo de 3 de outubro no Parque dos Príncipes, ficando apenas certo que "vai ser conduzido um inquérito", que pode redundar em castigo pesado para o clube parisiense.

O PSG é nomeadamente acusado de "utilização de fumígenos" e "distúrbios entre o público", no que é reincidente. No jogo de 6 de março, contra o Real Madrid, já fora punido com um jogo à porta fechada, pelo que a solução agora encontrada pode apontar para um castigo mais severo.

Hoje, no plano de castigos, só se estatuiu que o clube paga uma multa de 20 mil euros por atraso no início de jogo, enquanto que o treinador, Thomas Tuchel, é advertido.

O inspetor vai também analisar os distúrbios provocados pelos adeptos sérvios, bem como os cânticos ilícitos dessa bancada.

Além do que se passou no estádio, também houve confrontos entre as forças da ordem e centenas de encapuzados no exterior do Parque dos Príncipes.

Esta iniciativa disciplinar da UEFA é totalmente independente do inquérito preliminar aberto em Paris por alegada combinação do resultado, em favor de um dirigente do clube sérvio, que terá apostado contra o seu próprio clube uma elevada quantia, para uma derrota por cinco ou mais golos. O resultado final foi de 6-1 para o campeão gaulês.

Por Lusa
Deixe o seu comentário

Últimas Notícias

Notícias
Subscreva a newsletter

e receba as noticias em primeira mão

ver exemplo

Ultimas de França

Notícias

Notícias Mais Vistas