UEFA reavalia fecho da investigação ao PSG por quebra do fair-play financeiro

Anúncio feito pelo organismo regulador do futebol europeu

• Foto: Reuters

A UEFA vai reavaliar a decisão de encerrar a investigação ao Paris Saint-Germain pela suspeita da quebra das regras do fair-play financeiro, anunciou esta terça-feira o organismo regulador do futebol europeu.

O presidente do Corpo de Controlo Financeiro de Clubes (CFCB), Cunha Rodrigues, antigo Procurador-Geral da República Portuguesa, optou por remeter para a Câmara de Julgamento daquele órgão da UEFA a decisão da Câmara de Investigação de encerrar a investigação ao clube francês.

O PSG reagiu através de uma nota divulgada no seu site oficial, através da qual assinala que realizou "um número significativo de transferências nos últimos dias para corresponder à decisão do CFCB", órgão com o qual manifestou a intenção de continuar a cooperar.

Em 13 de junho, a UEFA anunciou que a investigação pela alegada quebra das regras de fair play financeiro, após as contratações de Neymar (222 milhões de euros) e Mbappé (empréstimo com opção de compra de 180 milhões), tinha sido encerrada após a entrada de "um valor significativo e justo após ajustes nos contratos de patrocínio".

Apesar do fecho da investigação, que se tinha iniciado em 1 de setembro de 2017, o organismo advertiu que o impacto financeiro da atuação no mercado de transferências e o break even no ano financeiro de 2018 "continuariam sob apertado escrutínio".

Por Lusa
Deixe o seu comentário

Últimas Notícias

Notícias
Subscreva a newsletter

e receba as noticias em primeira mão

ver exemplo

Ultimas de França

Notícias

Notícias Mais Vistas

Copyright © 2019. Todos os direitos reservados. É expressamente proibida a reprodução na totalidade ou em parte, em qualquer tipo de suporte, sem prévia permissão por escrito da Cofina Media S.A. Consulte a Política de Privacidade Cofina.

0