Um dia após ter sido despedido do Nice, Diaby-Fadiga é oficializado no Paris FC

Jovem avançado, de 18 anos, assinou um contrato válido por quatro temporadas com o emblema francês

• Foto: Twitter / Paris FC

Por vezes, o crime compensa. Lamine Diaby-Fadiga foi apresentado, esta quarta-feira, como o mais recente reforço do Paris FC, com um contrato válido por quatro temporadas, até 2023.

Depois de ter sido notícia em todo o mundo por ter roubado o relógio de Kasper Dolberg, antigo companheiro de equipa do Nice, e de ter sido posteriormente despedido "com efeitos imediatos" pelo emblema francês, o jovem avançado, de apenas 18 anos, foi oficializado no Paris FC, emblema da segunda divisão francesa de futebol.

Num comunicado oficial, a direção do Paris FC explicou o porquê de apostar no jovem avançado. "Depois de ter-me apercebido de todo este 'caso', nós entramos em contacto com o Lamine, que expressou logo o seu arrependimento por toda a situação. Estes erros juvenis não apagam as suas qualidades e integridade. Durante as nossas conversas, o jogador demonstrou o desejo de se redimir e de mostrar o seu outro lado dentro de campo. As suas qualidades futebolísticas são inegáveis e é por isso que chegou à equipa de sub-18 da seleção francesa e tem agora uma oportunidade no Paris FC", explicou Pierre Dréossi, gerente do clube.

Por Sérgio Magalhães
Deixe o seu comentário

Últimas Notícias

Notícias
SUBSCREVA A NEWSLETTER RECORD GERAL
e receba as notícias em primeira mão

Ultimas de França

Notícias

Notícias Mais Vistas

Copyright © 2019. Todos os direitos reservados. É expressamente proibida a reprodução na totalidade ou em parte, em qualquer tipo de suporte, sem prévia permissão por escrito da Cofina Media S.A. Consulte a Política de Privacidade Cofina.