Villas-Boas admite saída do Marselha

Técnico português diz que é um "cidadão do Mundo"

• Foto: Getty Images

André Villas-Boas, deixou o seu futuro em aberto no Marselha, em declarações aos jornalistas. "Sinceramente, não posso garantir que vou ficar. Deixei o futebol chinês onde recebia 12 milhões de euros líquidos para participar no Dakar. Sou um cidadão do Mundo", disse o técnico português.

A declaração é uma resposta à contratação de Paul Aldridge, que irá assumir a pasta de consultor de mercado no emblema francês. Com a chegada de Aldridge poderá ser retirado algum poder a Andoni Zubizarreta, diretor desportivo do clube e principal razão de o técnico estar em Marselha. "Vim para o Marselha por duas razões: primeiro pela dimensão do clube e segundo por causa de Zubizarreta. O meu futuro está diretamente ligado ao dele", vincou o treinador que poderá ver a sua estadia em França encurtada, já que o seu contrato é valido até 2021. Sobre o seu futuro, AVB acrescentou: "Não me preocupo com as propostas. Sempre tenho contactos com outros clubes, mas isso não é importante."

Deixe o seu comentário

Últimas Notícias

Notícias
SUBSCREVA A NEWSLETTER RECORD GERAL
e receba as notícias em primeira mão

Ultimas de França

Notícias

Notícias Mais Vistas

Copyright © 2019. Todos os direitos reservados. É expressamente proibida a reprodução na totalidade ou em parte, em qualquer tipo de suporte, sem prévia permissão por escrito da Cofina Media S.A. Consulte a Política de Privacidade Cofina.