Villas-Boas: «Sou o treinador, a responsabilidade é minha»

Técnico do Marselha assumiu a culpa dos maus resultados na liga francesa

• Foto: DR Record

O atual 9º lugar na Ligue 1 do Marselha, conduzido por André Villas-Boas, não tem satisfeito os adeptos marselheses, que se têm manifestado com os fracos resultados no campeonato. O técnico português não fugiu às suas responsabilidades na conferência de imprensa de antevisão ao confronto com o Estrasburgo, este domingo, no jogo que fecha a 10ª ronda da liga francesa.

"Sem preocupações e sem pressão extra. Estamos a três pontos do pódio mas temos falhado muitas oportunidades e isso é responsabilidade do treinador", considerou o técnico português, que não vence há quatro partidas. "Os objetivos mantêm-se. Se não os atingirmos, eu sou o treinador. Depois cabe à administração decidir se continuamos", lembrou.

"Já tenho uma carreira de 10 anos, o que no mundo do futebol já me torna velho. Gosto de assumir as minhas responsabilidades, as de um treinador que assume os objetivos, quer sejam atingidos quer não. Fiz um plano para esta equipa mas depois há sempre contratempos, como lesões e suspensões. Mas o objetivo mantém-se e tudo é possível. Ainda vamos a tempo. Temos de estar presentes nos meses decisivos, entre fevereiro e maio. Todos estão muito próximos na tabela. Lyon, Monaco, Marselha, Rennes... todos têm a ambição de estar no topo", finalizou Villas-Boas.

Deixe o seu comentário

Últimas Notícias

Notícias
SUBSCREVA A NEWSLETTER RECORD GERAL
e receba as notícias em primeira mão

Ultimas de França

Notícias

Notícias Mais Vistas

Copyright © 2019. Todos os direitos reservados. É expressamente proibida a reprodução na totalidade ou em parte, em qualquer tipo de suporte, sem prévia permissão por escrito da Cofina Media S.A. Consulte a Política de Privacidade Cofina.