Lille assume candidatura apesar do empate aziago

Igualdade frente ao Montpellier não perturbou o técnico Christophe Galtier

• Foto: Action Images

Passo em falso do Lille, que não fez melhor do que um empate na receção ao Montpellier (1-1), em jogo da 33ª ronda da Ligue 1, numa partida aziaga para as cores portuguesas: Renato Sanches, com dores musculares, foi baixa de última hora no Lille, que contou com José Fonte no onze e Tiago Djaló e Xeka (entrou aos 68’) no banco. Pedro Mendes ocupou o seu lugar no eixo defensivo dos forasteiros mas não teve motivos para sorrir. Aos 25’, o VAR ‘deu razão’ ao central português num lance na área do Montpellier mas o pior estava para chegar: aos 51’, saiu em lágrimas, lesionado, com queixas no joelho esquerdo.

O golo de Delort (o 12º da época) colocou em sentido o Lille, que transformou a partida num exercício de ineficácia, sublinhada pelos 20 remates efetuados. Até se pode dar por satisfeito pelo ponto aos 85’, graças ao golo de Luiz Araújo. Ikoné e Weah já haviam sido os rostos do desperdício e Benjamin André, aos 57’, ainda acertou no poste. O empate não perturbou Christophe Galtier, técnico do Lille, que assumiu a candidatura ao título. "Os outros ainda terão de vencer, mas seremos sempre líderes. A diferença pode ficar mais estreita mas faremos tudo para manter o 1º lugar", garantiu.

Por Francisco Laranjeira
Deixe o seu comentário

Últimas Notícias

Notícias
Subscreva a newsletter

e receba as noticias em primeira mão

ver exemplo

Ultimas de Lille

Notícias

Notícias Mais Vistas

Copyright © 2020. Todos os direitos reservados. É expressamente proibida a reprodução na totalidade ou em parte, em qualquer tipo de suporte, sem prévia permissão por escrito da Cofina Media S.A. Consulte a Política de Privacidade Cofina.