Siga o nosso canal de WhatsApp e fique a par das principais notícias. Seguir

Henri Stambouli, ex-futebolista e treinador do Marselha, morreu aos 62 anos

Informação foi divulgada pela Unecatef, sindicato dos treinadores profissionais franceses

• Foto: Unecatef
Henri Stambouli, ex-jogador e treinador do Marselha, que foi também treinador de várias seleções africanas, morreu aos 62 anos, anunciou esta sexta-feira a Unecatef, sindicato dos treinadores profissionais franceses.

"Adeus Henri Stambouli. Que tristeza saber da sua morte esta manhã, era tão jovem!", lê-se numa publicação da Unecatef na rede social X (antigo Twitter).

Vários clubes franceses, entre eles o OGC Nice, Montpellier e o próprio Marselha, também publicaram mensagens de condolências e homenagens ao antigo guarda-redes francês na rede social X.

Antes de representar o Marselha, no qual terminou a sua carreira como jogador e deu início à sua caminhada como treinador, Stambouli vestiu a camisola do AS Mónaco durante sete épocas (1979-1986).

No Marselha, foi treinador adjunto de Raymond Goethals na final da Liga dos Campeões vencida pelos franceses em 1993, e treinador principal na época de 1994-95. Foi também administrador do centro de treinos do emblema francês de 2010 a 2013, tendo depois saído para o Montpellier, no qual exerceu a mesma função durante cinco anos.

Foi também treinador de várias seleções africanas (Mali, Togo, Guiné) e treinou vários clubes em França (Istres, Sedan) e no estrangeiro (Sion, Las Palmas, African Club, Raja Casablanca).

O seu filho, Benjamin, também jogador de futebol profissional, representa atualmente o Adana Demirspor, da Turquia, depois de passar pelo Montpellier, Tottenham e Paris SG.

Por Lusa
Deixe o seu comentário
Subscreva a newsletter

e receba as noticias em primeira mão

ver exemplo

Ultimas de Marselha

Notícias

Notícias Mais Vistas