Pesadelo em Bordéus deixa Nantes a suspirar por Miguel Cardoso

Vahid Halihodizic estreou-se no 'Dérbi do Atlântico' com a pior derrota da época (3-0)

A estreia de Vahid Halihodzic no comando técnico do Nantes não podia ter corrido pior e deixou os adeptos a suspirar por Miguel Cardoso, ao ponto de ter ganho novo ímpeto o movimento de apoio ao técnico português nas redes sociais. Os canários não registaram qualquer efeito positivo resultante da chicotada psicológica provocada pelo presidente Waldemar Kita e perderam 3-0 na deslocação a Bordéus, um desafio de relevância simbólica e denominado de 'Dérbi do Atlântico'.

O treinador bósnio averbou a pior derrota da temporada dos canários, que aos 7' já perdiam por 2-0. Não só a reação do Nantes não chegou, como o 3-0 ainda aconteceu antes do intervalo, sem que o cenário fosse alterado durante a etapa complementar. Isto apesar de Waris, emprestado pelo FC Porto, ter sido substituído logo aos 30' por Limbombe.

O L'Equipe qualificou o arranque de Vahid Halihodzic como sendo de "pesadelo", tendo sido assinaladas alterações que não resultaram, como a colocação de Moutoussamy como ala direito. Os contornos da derrota provocaram mais uma enxurrada de críticas nas redes sociais, com os adeptos do Nantes a considerarem massivamente ter havido uma quebra qualitativa imediata no rendimento da equipa que destroçou a tendência de crescimento que tinha ficado patente na grande exibição em Lyon, na última jornada, numa despedida de Miguel Cardoso que impressionou não apenas os apoiantes do clube como a crítica francesa em geral.


Deixe o seu comentário

Últimas Notícias

Notícias
Subscreva a newsletter

e receba as noticias em primeira mão

ver exemplo

Ultimas de Nantes

Notícias

Notícias Mais Vistas

Copyright © 2020. Todos os direitos reservados. É expressamente proibida a reprodução na totalidade ou em parte, em qualquer tipo de suporte, sem prévia permissão por escrito da Cofina Media S.A. Consulte a Política de Privacidade Cofina.