A rápida ascensão de Mbappé: «Disseram-me que na elite não havia lugar para imaturos»

Astro francês abordou também o 'não' ao Real Madrid em 2014

• Foto: Lusa/EPA
Kylian Mbappé, futebolista francês de 22 anos que tem sido associado - outra vez - a uma possível transferência para o Real Madrid, aproveitou uma entrevista à revista L'Obs para falar sobre a sua rápida ascensão à elite futebolística e a sua recusa aos merengues em 2014.

Atualmente a representar o PSG, Mbappé visitou Madrid há sete anos, altura em que teve a oportunidade de conhecer o seu ídolo, Cristiano Ronaldo, e de falar com Zidane, que aconselhou o clube a adquirir o jogador. "Os meus pais queriam que eu começasse a minha carreira em França, que me educasse cá. Para jogar futebol, mas também para continuar os estudos. Ir para Espanha, mesmo que fosse com Zidane, era ir para outro país, para outra cultura", afirmou o avançado, justificando a transferência falhada para o Real.

"Gosto de ter sempre objetivos, porque isso faz com que não possa relaxar. Estar no terreno de jogo alimenta-me, é a minha recarga de energia. Graças a isso, tenho forças para encarar os outros aspetos do futebol".

Quando questionado acerca da rápida ascensão à elite do futebol mundial, Mbappé refere que "ao princípio, foi duro carregar esse peso, porque era muito jovem". "Era um rapaz de 18 ou 19 anos, que adorava fazer coisas de rapazes dessa idade. Mas no campo, pediam-me para ser adulto, e diziam-me que ao mais alto nível, não havia lugar para imaturos, nem para rapazes. É um mundo de adultos e tinha de estar preparado para ele", rematou.

Recorde-se que Mbappé é um dos convocados pelo selecionador francês Didier Deschamps para o Euro'2020, e vai defrontar Portugal no grupo F.
Por Record
Deixe o seu comentário

Últimas Notícias

Notícias
Subscreva a newsletter

e receba as noticias em primeira mão

Ultimas de PSG

Notícias

Notícias Mais Vistas