Anelka: «Messi tem de servir Mbappé»

Ex-jogador de Arsenal, Real Madrid e PSG em entrevista ao 'Le Parisien'

O PSG é uma equipa de estrelas e a pressão é maior do que nunca, exigindo-se que os resultados e a conquista de troféus, nomeadamente a Champions, corresponda ao investimento feito. Em entrevista ao Le Parisien, Anelka - ex-jogador de Arsenal, Real Madrid e PSG -  deixa alguns avisos e adverte que a relação entre Messi e Pochettino está muito fragilizada por causa do episódio da substituição.

"Mbappé tem de ser o chefe do ataque porque é o número 1. Messi era o número 1 no Barça mas agora tem de servir Mbappé. Está há cinco anos no clube e Messi tem de respeitar isso", refere, frisando que o jogador francês é "insubstituível e em velocidade é o melhor do mundo".

"O PSG deve fazer tudo para que fique mas creio que ele já tomou uma decisão.  Quer mais e isso é normal.  E tivesse jogado as últimas temporadas em Inglaterra ou Espanha já teria sido Bola de Ouro", prossegue.

O ex-futebolista alerta para uma equipa ser bem sucedida tem de funcionar como um todo. "Ter Messi significa que o PSG superou os outros. É o clube que toda a gente quer mas falta-lhe um título europeu. Isso representa uma pressão muito grande já que todos pensam que, com Messi, o conseguirá. Mas o futebol não são só estrelas", justifica.

E ainda sobre Messi disse: "Não podes substituir um Bola de Ouro quando ainda não marcou. Messi não esquecerá o que Pochettino fez e será difícil recuperar esse desagrado".
Por Record
1
Deixe o seu comentário

Últimas Notícias

Notícias
Subscreva a newsletter

e receba as noticias em primeira mão

ver exemplo

Ultimas de PSG

Notícias

Notícias Mais Vistas