Chelsea em alerta: pensar à frente pode dar chatices na 'Champions'

Tuchel e Chilwell não dão a passagem como certa e confessam antever momentos difíceis

AVISO. Tuchel não quer facilitismos
AVISO. Tuchel não quer facilitismos • Foto: reusters

A vantagem com que o Chelsea parte para a segunda mão é boa, mas não o suficiente para que, nas hostes dos blues, exista a crença de que a eliminatória já está resolvida. Disso deu conta Thomas Tuchel na conferência de antevisão do jogo com o FC Porto, quando foi questionado o jogo com o Manchester City, o desafio que se segue na Premier League.

“Não podemos pensar em demasia nisso e temos de jogar um jogo atrás do outro. O nosso foco tem de estar neste jogo. O que fizemos na semana passada já passou. Vamos dar tudo”, garantiu o técnico alemão, que assume estar à espera de muitos problemas frente ao FC Porto. “Temos de aceitar que, com o FC Porto, há sempre momentos difíceis e mais fáceis. Não é possível controlar o jogo todo e, na semana passada, tivemos momentos muito difíceis. Se acontecer novamente é normal, o FC Porto é um clube com muita ambição”, asseverou.

A 90 minutos de uma passagem às meias-finais, o Chelsea tem a eliminatória na mão, mas nem por isso Tuchel pensa em jogar à defesa. “Não abordamos os jogos assim. Estamos focados em nós. Espero passar este desafio. Temos de fazer o que sabemos melhor, que é jogar da nossa maneira e tentar mostrar o nosso melhor. Se pensarmos no resto, isso vai dar-nos muitos problemas”, apontou.

Alinhado com este discurso está Ben Chilwell. “Penso que é muito importante, dois golos fora podem ser cruciais. Já temos metade do trabalho feito e não podíamos ter desejado uma primeira mão melhor, mas temos de terminar o trabalho neste jogo”, referiu o lateral, prosseguindo com os alertas.

“Antes da primeira mão sabíamos que seria um jogo muito físico, o FC Porto tem jogadores muito fortes e técnicos. É uma equipa com orgulho e pode chegar às meias-finais. Não podemos ser complacentes neste jogo, porque poderemos ter um dissabor”, sublinhou.

Christensen convocado

Christensen falhou o jogo com o Crystal Palace, devido a uma lesão na coxa, mas acabou por ser convocado para este jogo com o FC Porto, estando em dúvida.

Por Pedro Morais
Deixe o seu comentário

Últimas Notícias

Notícias
Subscreva a newsletter

e receba as noticias em primeira mão

ver exemplo

Ultimas de Chelsea

Notícias

Notícias Mais Vistas

Copyright © 2020. Todos os direitos reservados. É expressamente proibida a reprodução na totalidade ou em parte, em qualquer tipo de suporte, sem prévia permissão por escrito da Cofina Media S.A. Consulte a Política de Privacidade Cofina.