Middlesbrough condena insultos racistas ao ex-Sporting Yannick Bolasie

Extremo também criticou os "guerreiros do teclado" que o insultam através das redes sociais

• Foto: Reuters

O Middlesbrough, do segundo escalão do futebol inglês, condenou esta quinta-feira os insultos racistas de que foi alvo o congolês ex-Sporting Yannick Bolasie, que recebeu mensagens ofensivas nas redes sociais.

"Vis e inaceitáveis" foram as palavras escolhidas pelo clube para denunciar e condenar os insultos de que o extremo foi alvo, tendo o caso sido reportado às autoridades.

Emprestado pelo Everton ao Middlesbrough, o extremo internacional pela RD Congo, de 31 anos denunciou o caso, com o clube que representa a declarar que situações como esta "demonstram exatamente porque é que tem de ser feito mais para identificar os culpados destes comentários e trazê-los à justiça".

Bolasie, que fez 25 jogos pelo Sporting (dois golos) em 2019/20, criticou os "guerreiros do teclado" que o insultam através das redes sociais, achando que há "algo seriamente errado com estas pessoas".

O insulto, pela rede social Instagram, levou à exclusão da conta em questão, com uma investigação paralela a decorrer após a denúncia do 'Boro', que promete banir do estádio e entregar à polícia quaisquer indivíduos que profiram ou escrevam insultos racistas.

No mesmo dia, também o Bournemouth, do Championship, denunciou os insultos recebidos pelo internacional holandês Arnaut Danjuma, que hoje contou à Sky Sports os que o criticam por se ajoelhar, numa homenagem comum no futebol, ultimamente associada ao movimento Black Lives Matter.

Chamaram-no de "terrorista", referindo-se à fé muçulmana que professa, com clube e jogador a pedirem que este tipo de abuso "termine".

Por Lusa

Últimas Notícias

Notícias
Subscreva a newsletter

e receba as noticias em primeira mão

ver exemplo

Ultimas de Inglaterra

Notícias

Notícias Mais Vistas