Afinal, Mourinho e Klopp discutiram por uma... bagatela

Treinadores de United e Liverpool explicaram o que sucedeu

A carregar o vídeo ...
Klopp nem queria acreditar como Herrera parou Coutinho

O Manchester United-Liverpool foi um jogo muito intenso (1-1) como se esperava e o que se passou dentro das quatro linhas facilmente 'contaminou' o público. Mais perto dos acontecimentos, José Mourinho e Jürgen Klopp estiveram particularmente ativos e mantiveram mesmo uma troca de palavras mais acesa devido a um lance entre Ander Herrera e Roberto Firmino, a qual acabou por merecer especial destaque, quando, segundo os próprios intervenientes, tudo não merecia mais do que uma nota de rodapé. 

"Klopp pensou que eu estava a pedir cartão vermelho para o seu jogador. Não estava. Não houve qualquer problema. Acho que o jogo foi correto, penso que os jogadores deram tudo o que tinham, jogando sempre de forma profissional, embora muito com o coração. Por isso, o árbitro esteve muito bem naquela fase do jogo, muito emocional, mantendo bons profissionais sob controlo. Houve agressividade, mas penso que foi uma excelente publicidade para promover a Premier League em todo o Mundo", explicou Mourinho, elogiando o árbitro Michael Oliver.

Klopp acrescentou: "Mourinho queria pelo menos cartão amarelo, mas eu não sei. Acho que o árbitro apitou antes de ter acontecido tudo o resto. O Firmino é um profissional da cabeça aos pés e queria continuar em campo. Poderia ter passado a bola, mas aquilo era cartão amarelo ao Herrera e nada mais. Afinal, acabou por ser também cartão amarelo para o tipo que queria apenas jogar futebol. Até pode ter sido pior se alguém quiser ver aquilo outra e outra e outra vez. Mourinho e eu só não tivemos a mesma opinião naquele momento."

1
Deixe o seu comentário

Últimas Notícias

Notícias
Subscreva a newsletter

e receba as noticias em primeira mão

ver exemplo

Ultimas de Inglaterra

Notícias

Notícias Mais Vistas