Alex Ferguson diz que Mourinho já "está calmo e tem a situação sob controlo"

Histórico do United elogia trabalho do treinador português

• Foto: EPA

A Manchester United demorou a entrar no caminho que José Mourinho pretendia, mas a equipa é agora o espelho do seu treinador, com um espírito combativo que arranca elogios de Alex Ferguson, o último treinador a levar o clube ao título, a encerrar uma carreira gloriosa de mais de 26 anos. Para o escocês, os red devils só não estão a discutir o primeiro lugar da Premier League com o Chelsea devido a seis empates, injustos.

"Penso que o José tem feito um trabalho fantástico. Pode ver-se que ele aprendeu a lidar com o problema no clube. A equipa está a jogar realmente bem, mas ele tem tido muito azar. São seis empates 1-1 e em todos esses jogos o United foi muito superior aos adversários. Se não fossem todos esses empates, o United estaria a pressionar o Chelsea. Essa é a parte menos feliz, com a qual ele terá de viver", sublinhou Ferguson em entrevista à BBC, destacando depois a série vitoriosa de nove jogos do United de Mourinho, a melhor da equipa desde que o escocês deixou o cargo:

"A minha situação é um pouco diferente da do José no sentido que eu queria construir uma equipa de futebol e queria que jovens jogares fizessem parte desse processo." 

"No entanto, as coisas não estavam a correr bem à equipa e o treinador tem de encontrar soluções para corrigir isso. Acho que o José tem vindo a encontrar soluções. Houve um período no arranque da temporada em que que ele não acertava as decisões e as suas emoções estavam à flor da pele. Agora olha-se para ele e vê-se que está calmo e tem a situação sob controlo. A equipa está a ser o espelho do treinador", acrescentou o antigo treinador dos red devils, para encerrar com um exemplo concreto:

"Em casa do Stoke, no sábado, disputaram todos os lances do princípio ao final do jogo. Nunca desistiram e tiveram a recompensa com aquele grande golo do [Wayne Rooney]. E vira o que é que ele fez? Correu para o meio-campo. Sem qualquer festejo. Apontou para a bola, como que a dizer 'apanhem-na, ainda vamos ganhar isto'. É esse o espírito que o José criou na equipa."

Deixe o seu comentário

Últimas Notícias

Notícias
Subscreva a newsletter

e receba as noticias em primeira mão

ver exemplo

Ultimas de Inglaterra

Notícias

Notícias Mais Vistas

Copyright © 2019. Todos os direitos reservados. É expressamente proibida a reprodução na totalidade ou em parte, em qualquer tipo de suporte, sem prévia permissão por escrito da Cofina Media S.A. Consulte a Política de Privacidade Cofina.

0