Ancelotti: «Guardiola um dia entrará para o nosso clube dos demitidos»

Italiano fala de situação normal na vida dos treinadores

• Foto: Getty Images

A mala de um treinador está sempre feita. Carlo Ancelotti, um dos melhores do Mundo, reconhece esse estado de prontidão, com dois despedimentos no passado recente quando esteve ao serviço do Chelsea (maio de 2011) e do Real Madrid (maio de 2015), e, esse capital de experiência permite-lhe brincar com o tema, envolvendo Pep Guardiola, o homem a quem sucederá à frente do Bayern Munique, a partir da próxima temporada.

O espanhol, que trabalhará no Manchester City, nunca teve de passar por uma situação deste tipo, mas Ancelotti garante que é apenas uma questão de tempo.  "No Chelsea, consegui a 'dobradinha' [Premier League e Taça de Inglaterra] e fui demitido. No Real Madrid, eu ganhei a 'Décima' [Liga dos Campeões] e fui demitido. Não há nenhum técnico que não tenha sido demitido", começou por dizer o italiano, dando outros exemplos:

"O Alex Ferguson foi demitido, o Marcelo Lippi foi demitido, o Fabio Capello foi demitido, o José Mourinho foi demitido, o Rafael Benítez foi demitido... O único que ainda não foi demitido é o Pep Guardiola. Mas ele ainda é muito jovem, tem muito tempo. Um dia entrará para o nosso clube, o clube dos demitidos."

Deixe o seu comentário

Últimas Notícias

Notícias
SUBSCREVA A NEWSLETTER RECORD GERAL
e receba as notícias em primeira mão

Ultimas de Inglaterra

Notícias

Notícias Mais Vistas

Copyright © 2019. Todos os direitos reservados. É expressamente proibida a reprodução na totalidade ou em parte, em qualquer tipo de suporte, sem prévia permissão por escrito da Cofina Media S.A. Consulte a Política de Privacidade Cofina.