Atacar a crise na prova predileta

Mourinho já conquistou a Taça da Liga três vezes e precisa hoje de eliminar o West Ham nos 'quartos'

• Foto: Reuters

A realizar o pior arranque de temporada da história na Premier League – no 6º lugar com 20 pontos em 13 jornadas –, o Manchester United de José Mourinho procura hoje dar uma alegria aos adeptos e carimbar o passaporte para as meias-finais da Taça da Liga, uma das competições prediletas do treinador português: já a conquistou por três vezes e não perde um jogo desde dezembro de 2013. Mas para isso, os red devils terão de fazer o que não conseguiram no domingo (1-1) diante do West Ham. Frente ao mesmo adversário e no mesmo local, o técnico dos red devils não pode contar com os castigados Pogba e Fellaini, nem com os lesionados Bailly e Smalling e prepara uma revolução.

Numa semana em que apresentaram alguns problemas físicos, Carrick e Schneiderlin deverão ser lançados no onze de Mourinho – há ainda Schweinsteiger – assim como o talismã Rooney. E será um dia histórico se o avançado inglês marcar, já que está a somente um golo de Bobby Charlton (249) como melhor artilheiro do United.

Na última vez que United e West Ham se defrontaram na Taça da Liga foi em 2010/11, com os hammers a ganharem por... 4-0. Com apenas 11 vitórias em 21 jogos disputados esta temporada, o United procura nesta prova terminar em definitivo com a crise e relançar uma época que, para já, parece estar perdida na liga.

Bilic promove rotação

O West Ham também vai participar neste jogo de mudanças. "Espero a mesma atitude dos jogadores do último encontro, só que serão outros nomes. Temos de ganhar ao Manchester United e estou confiante nisso. Se vencermos ficamos perto da final. E um título para o West Ham seria brutal...!", atirou Slaven Bilic.

Por Diogo Jesus
Deixe o seu comentário

Últimas Notícias

Notícias
Subscreva a newsletter

e receba as noticias em primeira mão

ver exemplo

Ultimas de Inglaterra

Notícias

Notícias Mais Vistas

Copyright © 2019. Todos os direitos reservados. É expressamente proibida a reprodução na totalidade ou em parte, em qualquer tipo de suporte, sem prévia permissão por escrito da Cofina Media S.A. Consulte a Política de Privacidade Cofina.

0