Bernardo Silva sente-se subvalorizado

Médio lamenta ausência dos jogadores do City nos grandes prémios

• Foto: Reuters

A temporada 2018/19 foi brilhante em vários sentidos para Bernardo Silva. O médio sagrou-se campeão na Premier League, ganhou a Taça de Inglaterra, a Taça da Liga e ainda a Supertaça. Um póquer inédito no futebol inglês, ao qual juntou o título da Liga das Nações pela Seleção nacional. Tudo foi, no entanto, insuficiente para o seu nome constar na lista dos dez finalistas ao prémio de melhor jogador do ano da FIFA, nem o de Bernardo Silva nem o de algum jogador do Manchester City e, ao Esporte Interativo, o internacional português assumiu sentir-se subvalorizado.

"Há clubes que têm mais força na comunicação. Recentemente, falei com De Bruyne, David Silva e Agüero sobre não terem estado na luta pela Bola de Ouro. Os prémios coletivos são mais importantes, mas os individuais são importantes e deveriam ter sido reconhecidos", queixou-se durante a conversa com o jornalista Fred Caldeira.

Companheiro de Cristiano Ronaldo na Seleção, ao lado do qual conquistou a Liga das Nações, Bernardo Silva comentou o futuro da equipa nacional sem CR7. "O dia em que Cristiano se retirar será um dia triste, não preciso nem dizer o porquê. É um jogador impossível de substituir. Mas Portugal tem uma geração muito forte, é uma geração que tem tudo para continuar bem. Ele é insubstituível, mas vamos continuar após isso."

Sobre a Covid-19, o futebolista de 25 anos considera que "o mais importante é a saúde das pessoas". "Os governos têm a capacidade de decidir o que é melhor para as pessoas. Sinto falta, mas vamos acatar ordens. O que for melhor, faremos."

Por Aurélio de Macedo
2
Deixe o seu comentário

Últimas Notícias

Notícias
Subscreva a newsletter

e receba as noticias em primeira mão

ver exemplo

Ultimas de Inglaterra

Notícias

Notícias Mais Vistas

Copyright © 2019. Todos os direitos reservados. É expressamente proibida a reprodução na totalidade ou em parte, em qualquer tipo de suporte, sem prévia permissão por escrito da Cofina Media S.A. Consulte a Política de Privacidade Cofina.

0