Brighton pondera jogos de preparação para o regresso do futebol inglês

Clube teve alguns casos por infeção de Covid-19

O Brighton está a equacionar disputar jogos particulares para se preparar para o regresso do campeonato inglês, previsto para 17 de junho, de modo a que os seus futebolistas possam ganhar ritmo.

"É claro que estamos a considerar essa opção. Certamente, estaremos a analisar o que podemos fazer para recuperar o ritmo da competição e, é claro, agiremos sempre em conjunto com as recomendações de saúde do governo e da Premier League", explicou o diretor-executivo do clube, Paul Barber.

Com 12 casos positivos em mais de 2.700 testes nas três primeiras rondas generalizados de testes na modalidade, a pandemia da covid-19, com grande impacto na Grã-Bretanha, parece estar sob controlo no mundo do futebol.

O Reino Unido é o segundo país do mundo com mais mortes registadas devido ao novo coronavírus, 37.837, em mais de 269 mil casos de infeção.

Entretanto, o dirigente preferia que a prova fosse retomada três dias mais tarde, "para dar aos jogadores tempo suficiente para treinarem com contactos", depois de a Liga inglesa estar parada há cerca de três meses, desde meados de março.

O campeonato inglês, liderado com grande folga de 25 pontos pelo Liverpool, assim próximo de recuperar um título que lhe foge há 30 anos, regressa com os desafios Manchester City -- Arsenal e Aston Villa -- Sheffield United. O Brighton, é 15.º, dois pontos acima da zona de despromoção.

A nível global, segundo um balanço da agência de notícias AFP, a pandemia de covid-19 já provocou mais de 360 mil mortos e infetou mais de 5,8 milhões de pessoas em 196 países e territórios. Mais de 2,3 milhões de doentes foram considerados curados.

Por Lusa

Últimas Notícias

Notícias
Subscreva a newsletter

e receba as noticias em primeira mão

ver exemplo

Ultimas de Inglaterra

Notícias

Notícias Mais Vistas

Copyright © 2019. Todos os direitos reservados. É expressamente proibida a reprodução na totalidade ou em parte, em qualquer tipo de suporte, sem prévia permissão por escrito da Cofina Media S.A. Consulte a Política de Privacidade Cofina.

0