Bruno Fernandes e a polémica com Guardiola: «Devia ter ficado calado e ele falava sozinho»

Médio mandou calar treinador do Manchester City

A carregar o vídeo ...
O momento em que Bruno Fernandes mandou calar Guardiola no dérbi de Manchester

O episódio entre Bruno Fernandes e Pep Guardiola no dérbi de Manchester ainda dá que falar. O internacional português assumiu que não voltaria a mandar calar o treinador catalão do rival City se a situação se voltasse a proporcionar. 

"Como em tudo na vida, nada se define por aquilo que uma pessoa tem ou já teve e ganhou. Condeno-me porque a melhor resposta naquele momento teria sido ficar calado e ele teria ficado praticamente a falar sozinho. Mas o feitio e o sangue quente quase nunca me deixam ficar calado", explicou o agora médio do Manchester United ao Canal 11, onde aproveitou para falar do preço da sua transferência no mercado de janeiro.

Para Bruno Fernandes, os 55 milhões de euros pagos pelos red devils (transferência pode atingir os 80 milhões com variáveis) foram um valor "muito alto".

"Nunca os valores foram tão altos como agora. Acho que está um exagero. A minha transferência, os valores que foram, prémios e o que ainda pode vir a ser, o valor que foi pago por mim foi muito alto. Alguns jogadores que foram comprados por este valor há algum tempo foram Bola de Ouro"

Por João Socorro Viegas
Deixe o seu comentário

Últimas Notícias

Notícias
SUBSCREVA A NEWSLETTER RECORD GERAL
e receba as notícias em primeira mão

Ultimas de Inglaterra

Notícias

Notícias Mais Vistas

Copyright © 2019. Todos os direitos reservados. É expressamente proibida a reprodução na totalidade ou em parte, em qualquer tipo de suporte, sem prévia permissão por escrito da Cofina Media S.A. Consulte a Política de Privacidade Cofina.