Chefe da polícia suspenso devido ao caso Hillsborough

Após a conclusão do inquérito à tragédia

• Foto: Reuters

O chefe da Polícia de South Yorkshire, na Inglaterra, foi esta quarta-feira suspenso após a conclusão de um inquérito que atribui àquela força policial responsabilidade pela tragédia de 1989 no estádio Hillsborough, onde morreram 96 adeptos do Liverpool.

O comissário Alan Billings, oficial eleito e encarregado de policiar a região nordeste inglesa, afirmou ter suspendido David Crompton "baseado na erosão da confiança pública".

"Fiquei sem qualquer outra hipótese, que não a de suspender David das suas funções enquanto chefe da Policia do South Yorkshire", disse o comissário.

Segundo Alan Billings, a sua decisão surgiu após "declarações e comentários na Câmara dos Comuns (Parlamento)", assim como por causa das "inúmeras solicitações de vários quadrantes da sociedade, pedindo a sua resignação".

De acordo com o inquérito, cujas conclusões foram conhecidas na terça-feira, 96 adeptos do Liverpool, que defrontava o Nothingham Forest, foram espezinhados devido a uma série de erros das forças de segurança no Estádio de Hillsborough, em Shefield.

Andy Burnham, da oposição Trabalhista, que desde então acompanhou o caso, foi um dos que pediu a demissão de David Crompton em pleno parlamento, afirmando que a polícia devia ter pedido desculpa durante o inquérito.

Por Lusa
Deixe o seu comentário

Últimas Notícias

Notícias
SUBSCREVA A NEWSLETTER RECORD GERAL
e receba as notícias em primeira mão

Ultimas de Inglaterra

Notícias

Notícias Mais Vistas

Copyright © 2019. Todos os direitos reservados. É expressamente proibida a reprodução na totalidade ou em parte, em qualquer tipo de suporte, sem prévia permissão por escrito da Cofina Media S.A. Consulte a Política de Privacidade Cofina.