Chelsea suspende quatro adeptos por alegado comportamento racista

Em causa a situação ocorrida com Sterling no duelo com o Manchester City

• Foto: EPA

O Chelsea suspendeu esta segunda-feira quatro adeptos de comparecerem aos jogos do clube devido a alegados comportamentos racistas contra Raheem Sterling, durante o jogo com Manchester City, para a liga inglesa, anunciou o clube londrino.

"O Chelsea Footbal Club suspendeu quatro pessoas de comparecerem nos jogos do Chelsea por alegado comportamento racista para com Raheem Sterling", começou por informar o clube através de um comunicado, no qual assegura ainda que para a instituição "qualquer tipo de comportamento discriminatório é considerado abominável".

Durante a receção dos blues ao Manchester City, que terminou com a vitória da equipa da casa, por 2-0, o avançado inglês, de 23 anos, terá sido alvo de comentários discriminatórios vindos da bancada, algo que levou as autoridades britânicas a iniciar uma investigação ao sucedido.

O clube britânico, por sua vez, depois de reprovar a alegada atitude, informou que decidiu iniciar, igualmente, uma investigação paralela, de forma a apurar se efetivamente houve, ou não, um ataque racista.

Por Lusa
Deixe o seu comentário

Últimas Notícias

Notícias
Subscreva a newsletter

e receba as noticias em primeira mão

ver exemplo

Ultimas de Inglaterra

Notícias

Notícias Mais Vistas

Copyright © 2020. Todos os direitos reservados. É expressamente proibida a reprodução na totalidade ou em parte, em qualquer tipo de suporte, sem prévia permissão por escrito da Cofina Media S.A. Consulte a Política de Privacidade Cofina.