Chelsea vai deixar Sarri decidir se castiga ou não adjunto depois da 'pega' com Mourinho

Marco Ianni provocou o treinador do Manchester United quase no final do jogo de sábado

Depois da forma como o adjunto de Maurizio Sarri festejou o golo que valeu o empate do Chelsea frente ao Manchester United (e que provocou enorme confusão com José Mourinho), o treinador dos blues pediu desculpa ao homólogo dos red devils, garantindo que iria lidar com o assunto internamente. Esta segunda-feira, a Sky Sports avança que o Chelsea não se vai sobrepor ao castigo que Sarri considerar apropriado para Marco Ianni.

Recorde-se que Chelsea e Manchester United empataram 2-2 no sábado em Stamford Bridge, para a Liga inglesa, num jogo que terminou com enorme confusão. Ross Barkley marcou perto do fim para os blues, estabelecendo o empate final, e Marco Ianni passou à frente do banco dos red devils, provocando José Mourinho. O treinador português respondeu, levando Ianni a correr até ao balneário. No final do jogo, Sarri pediu desculpas a José Mourinho, obrigando o seu adjunto a fazer o mesmo.

Grande tensão no Chelsea-Man. United: Mourinho salta do banco e vai atrás do adjunto de Sarri





Mourinho: «Não foi uma celebração, foi má educação»


Deixe o seu comentário

Últimas Notícias

Notícias
SUBSCREVA A NEWSLETTER RECORD GERAL
e receba as notícias em primeira mão

Ultimas de Inglaterra

Notícias

Notícias Mais Vistas

Copyright © 2019. Todos os direitos reservados. É expressamente proibida a reprodução na totalidade ou em parte, em qualquer tipo de suporte, sem prévia permissão por escrito da Cofina Media S.A. Consulte a Política de Privacidade Cofina.