Cofre de Mourinho continua cheio

Ainda tem muito dinheiro para gastar

• Foto: Reuters

À procura de devolver os tempos de glória ao Manchester United, José Mourinho tem os cofres recheados para atacar o mercado. Dos 240 milhões de euros que tinha à disposição, o português já investiu 38 em Eric Bailly (ex-Villarreal) e agora vai gastar mais 42 com Henrikh Mkhitaryan, cujo transferência foi ontem confirmada pelo Borussia Dortmund. O médio arménio já só tem de realizar os exames médicos e acertar alguns termos do contrato para ser oficializado como reforço dos red devils.

Mesmo juntando Ibrahimovic à equação – o sueco, que ontem bateu o recorde nos testes de força do United, chegou a Old Trafford a custo zero –, sobram 160 milhões. E parece que o principal alvo até já está identificado: é ele Paul Pogba, colocado pela imprensa inglesa no topo da lista de prioridades do português. Cobiçado por clubes como Real Madrid e Barcelona, o médio da Juventus tem uma etiqueta de pelo menos 80 milhões de euros e ainda um salário avultado de 12 milhões por época, valores que não assustam os red devils.

Complicado para o United será também convencer N’Golo Kanté, médio internacional francês do Leicester que já terá escolhido o Chelsea como o próximo destino para prosseguir a carreira.

Saídas vão ajudar

Como se não bastasse ter muitos recursos logo de início, Mourinho sabe que a verba para compras ainda pode aumentar com várias vendas. Uma das mais evidentes é Juan Mata, que tem guia de marcha devido ao histórico com o português – o extremo saiu do Chelsea quando o Happy One lá estava. O Everton surge na linha da frente, sendo que a imprensa inglesa avança que o espanhol até já tem acordo com os toffees.

Por Pedro Gonçalo Pinto
1
Deixe o seu comentário

Últimas Notícias

Notícias
Subscreva a newsletter

e receba as noticias em primeira mão

ver exemplo

Ultimas de Inglaterra

Notícias

Notícias Mais Vistas

Copyright © 2020. Todos os direitos reservados. É expressamente proibida a reprodução na totalidade ou em parte, em qualquer tipo de suporte, sem prévia permissão por escrito da Cofina Media S.A. Consulte a Política de Privacidade Cofina.