Competições europeias ficam em causa

Quarentena obrigatória complica planos

• Foto: Reuters

O governo inglês decretou quarentena obrigatória de 14 dias, para todos os que chegarem ao país, a partir de 8 de junho. A decisão preocupa os rivais de Manchester – City e United – e o Chelsea, emblemas que estão na Champions e na Liga Europa. Os responsáveis dos clubes pressionaram as autoridades para que fosse aberta uma exceção, mas a resposta foi negativa.

Com estas medidas em vigor, quando o Real Madrid viajar até Manchester, para jogar a 2ª mão dos oitavos-de-final da Champions, terá de chegar duas semanas antes, cumprir a quarentena e só depois defrontar o City de Pep Guardiola. Cenário idêntico para o Chelsea, mas seria a equipa inglesa a ter de cumprir o isolamento de 14 dias após regressar de Munique. Quanto ao United, irá receber os austríacos do LASK Linz, em encontro da Liga Europa.

A UEFA aponta o início dos quartos-de-final das competições europeias para os primeiros dias de agosto, sendo que até lá faltam disputar quatro jogos dos ‘oitavos’ da Champions e dez encontros da mesma fase na Liga Europa.

Segunda ronda de testes

Ontem a Premier League promoveu mais uma ronda de testes à Covid-19 nas equipas. Na série realizada no passado fim de semana foram confirmados seis casos positivos em três clubes, entre eles um jogador e dois membros do staff do Watford, além do técnico adjunto do Burnley. Os resultados serão divulgados em 48 horas.

Deixe o seu comentário

Últimas Notícias

Notícias
Subscreva a newsletter

e receba as noticias em primeira mão

ver exemplo

Ultimas de Inglaterra

Campeão em campo neutro

Temendo aglomerações de fãs, a polícia sugere que o Liverpool só atue em Anfield após vencer o título

Notícias

Notícias Mais Vistas

Copyright © 2019. Todos os direitos reservados. É expressamente proibida a reprodução na totalidade ou em parte, em qualquer tipo de suporte, sem prévia permissão por escrito da Cofina Media S.A. Consulte a Política de Privacidade Cofina.

0