Coronavírus: Cystal Palace adverte para risco de guerra jurídica no futebol inglês

"Quero também terminar a prova por uma questão de integridade desportiva. Quero coroar como campeão o Liverpool", diz o presidente do clube

• Foto: Reuters

O presidente do Crystal Palace, Steve Parish, advertiu este domingo que o cancelamento da liga inglesa de futebol, devido à pandemia de covid-19, lançará a competição em "disputas legais que se podem arrastar durante meses, ou anos".

"Não quero, certamente, ter algumas conversações difíceis [sobre os cenários relativos ao cancelamento da prova]. As ramificações de cada uma dessas soluções são complexas e envolvem disputas legais que se podem arrastar durante meses, ou anos", escreveu Parish no jornal The Sunday Times.

Parish manifestou apoio público ao 'projeto recomeço', através do qual os clubes do campeonato inglês planeiam o regresso à atividade, um comprometimento que ficou claro durante uma reunião mantida na sexta-feira com a Liga, entidade organizadora da competição.

Nessa reunião, os clubes foram informados de que os 92 jogos que faltam realizar esta época poderão vir a ser disputados em terreno neutro, uma medida preventiva que ainda está sujeita à aprovação do governo e das autoridades competentes.

"Quero também terminar a prova por uma questão de integridade desportiva. Quero coroar como campeão o Liverpool [líder destacado] e dar a todos os outros clubes a oportunidade de atingirem a melhor posição que conseguirem", observou o presidente do Crystal Palace, 11.º classificado à data da suspensão da prova.

O Reino Unido, com 28.131 mortos e mais de 182 mil casos de covid-19, segundo os dados mais recentes, é um dos países mais afetados do mundo, apenas superado em número de mortes pelos Estados Unidos e por Itália.

A nível global, segundo um balanço da agência de notícias AFP, a pandemia de covid-19 já provocou quase 239 mil mortos e infetou mais de 3,3 milhões de pessoas em 195 países e territórios. Mais de um milhão de doentes foram considerados curados.

Por Lusa

Últimas Notícias

Notícias
Subscreva a newsletter

e receba as noticias em primeira mão

ver exemplo

Ultimas de Inglaterra

Notícias

Notícias Mais Vistas