De Bruyne diz que saiu do Chelsea porque estava farto de Mourinho

Belga do Man City revela conversas com o treinador português

• Foto: Getty Images

O belga Kevin de Bruyne aproveitou o bom momento de forma que atravessa no Manchester City para explicar melhor os motivos da saída do Chelsea, em janeiro de 2014, deixando claro que José Mourinho deempenhou um papel crucial. O médio ofensivo, que nunca teve um relacionamento fácil com treinador português, na altura a meio caminho da primeira temporada da segunda passagem pelo clube de Stamford Bridge, referiu agora que se fartou.

"Existiram conversas onde se dizia que eu não me empenhava nos treinos, histórias das quais não me podia defender pois as sessões de trabalho decorriam sempre à porta fechada. Mas as pessoas que me conhecem sabem que não é verdade. E uns meses mais tarde eu era um jogador fundamental no Wolfsburgo e fiz depois um bom Mundial [Brasil'2014]. Assim, afinal quem é que tinha razão? Eu só quero jogar e por isso sinto-me mal se me deixarem no banco de suplentes", adiantou De Bruyne, em declarações ao jornal "The Telegraph". 

"Mourinho disse-me que não estava muito inclinado a deixar-me sair, mesmo que fosse por empréstimo - 'és um bom jogador', dizia. Mas que mais é que eu podia fazer? Depois daquelas palavras dele ainda me esforcei mais, até treinava nos dias de folga. Mas a situação nunca se alterou. Por isso, de forma amigável, pedi-lhe: 'por favor, deixa-me sair'. O Chelsea queria emprestar-me, até queria era que eu continuasse, mas eu estava farto e queria ir embora", acrescentou o internacional belga, que regressa a Stamford Bridge na tarde deste sábado.

De Bruyne deixou o Chelsea rumo ao Wolfsburgo em janeiro de 2014, numa transferência registada por 22 milhões de euros, para o Manchester City o contratar no verão de 2015 por... 74 milhões.

Por António Espanhol
2
Deixe o seu comentário

Últimas Notícias

Notícias
Subscreva a newsletter

e receba as noticias em primeira mão

ver exemplo

Ultimas de Inglaterra

Notícias

Notícias Mais Vistas

Copyright © 2020. Todos os direitos reservados. É expressamente proibida a reprodução na totalidade ou em parte, em qualquer tipo de suporte, sem prévia permissão por escrito da Cofina Media S.A. Consulte a Política de Privacidade Cofina.