Dele Alli e os 'mergulhos': «Tenho 21 anos e por vezes faço coisas estúpidas...»

Médio do Tottenham diz que não teve intenção de simular frente ao Crystal Palace

• Foto: Reuters

As simulações de faltas continuam na ordem do dia na agenda do futebol, sobretudo em Inglaterra onde os infratores são denunciados como se tratasses de vulgares criminosos. Dele Alli, que tem estado debaixo de fogo por parte de adversários, jornalistas, comentadores e adeptos, oir causa dos 'mergulhos' comentou este sábado o tema sensível de uma forma a que ninguém pode ficar indiferente.

"Ninguém gosta de ser rotulado de batoteiro. É uma opinião e cada um tem a sua. Entro muitas vezes na grande área ou ando perto ali por perto, sou um atacante e fazem faltas sobre mim com frequência. Algumas delas parecem mal vistas à lupa", começou por dizer o médio ofensivo do Tottenham em declarações publoidas pelo jornal inglês 'The Telegraph'.

"Mas tudo é diferente quando fazemos parte da ação. Aquela que gerou mais reações negativas foi a do jogo em casa do  Crystal Palace. Estava a correr e naquela altura o que me passou pela cabeça foi que não podia pisar o guarda-redes. Mas quando se vê de novo e se ouve as pessoas a levar suspeitas tudo começa a parecer diferente", prosseguiu, para depois encerrar de forma desarmante:

"Tenho 21 anos e por vezes faço coisas estúpidas, faz parte do processo de aprendizagem e evolução e de me transformar numa pessoa boa, que é o meu objetivo."

Deixe o seu comentário

Últimas Notícias

Notícias
Subscreva a newsletter

e receba as noticias em primeira mão

ver exemplo

Ultimas de Inglaterra

Notícias

Notícias Mais Vistas

Copyright © 2020. Todos os direitos reservados. É expressamente proibida a reprodução na totalidade ou em parte, em qualquer tipo de suporte, sem prévia permissão por escrito da Cofina Media S.A. Consulte a Política de Privacidade Cofina.