Record

Depois de Cech, eis outro pedido de desculpas (ainda mais emotivo) de um gunner

Jack Wilshere pede aos adeptos do Arsenal para que continuem ao lado da equipa

• Foto: Reuters
O Arsenal bateu no fundo com a derrota frente ao Brighton, no domingo (2-1), igualando a pior série de resultados desde 2002, e os pedidos de desculpas de jogadores dos gunners podem ter passado a ser rotina. Primeiro foi Petr Cech, que assumiu a culpa nos dois golos logo no próprio dia. Agora é a vez do capitão Jack Wishere. De forma ainda mais emotiva.

Mas à semelhança do guarda-redes checo as desculpas pedidas pelo médio inglês também não podem ser dissociadas do cenário de crispação em torno do treinador Arsène Wenger, que em todos os estádios é visado por cartazes de adeptos a pedirem que se demita - ou seja demitido. Brighton não fugiu à regra...

"Peço desculpa a todos os gooners [adeptos do Arsenal]. Vocês merecem melhor. É tudo o que tenho a dizer. Sei que este é um momento difícil neste período complicado que estamos a atravessar como equipa, mas precisamos de vocês. Vamos conseguir fazer melhor, mas fiquem ao nosso lado, por favor", escreveu Wilshere.
Deixe o seu comentário
SUBSCREVA A NEWSLETTER RECORD GERAL
e receba as notícias em primeira mão

Ultimas de Inglaterra

Notícias

Notícias Mais Vistas

M