Diretor do United diz que a equipa não joga futebol atrativo

Gill demarca-se de discussões sobre continuidade de Van Gaal

• Foto: Getty Images

David Gill, diretor do Manchester United, avisou que não terá voto na matéria no que toca à continuidade de Louis van Gaal no cargo de treinador, mas admitiu que a equipa não pratica um futebol atrativo. Na liderança da gestão executiva do clube de Old Trafford até fevereiro de 2013, Gill acabou por sublinhar o que comentadores e adeptos expressam desde há muito, na sequência de mais uma derrota, agora em casa, diante do Southampton.

"Não vou entrar em pormenores sobre a qualidade do futebol, mas também não vou ficar aqui sentado a dizer que é atrativo. Para mim, o que fizemos no passado foi excelente, mas é preciso ter jogadores para o conseguir alcançar. É preciso ter Ryan Giggs numa ala e o Beckham e o Scholes, etc, etc", disse Gill, agora diretor não executivo do United, em declarações à BBC 5 Live. 

O dirigente destacou depois que não tem qualquer papel na decisão sobre a manutenção de Van Gaal como treinador: "Isso não é para mim. Não estou envolvido nesse tema, pois sou um diretor não executivo. O Ed [Woodward, vice-presidente executivo] é que está à frente desse tema e eu não ser envolvido", explicou ainda o Gill.

Deixe o seu comentário

Últimas Notícias

Notícias
Subscreva a newsletter

e receba as noticias em primeira mão

ver exemplo

Ultimas de Inglaterra

Notícias

Notícias Mais Vistas

Copyright © 2020. Todos os direitos reservados. É expressamente proibida a reprodução na totalidade ou em parte, em qualquer tipo de suporte, sem prévia permissão por escrito da Cofina Media S.A. Consulte a Política de Privacidade Cofina.