Record

E Guardiola lá deu uma 'tacadinha' a Wenger... 22 dias depois

Treinador do Manchester City não esqueceu palavras do francês do Arsenal sobre Sterling

• Foto: Reuters
O Manchester City-Arsenal teve lugar a 5 de novembro e 22 dias depois Pep Guardiola respondeu a Arsène Wenger, por conta do que o treinador dos gunners disse sobre a marcação do pénalti que deu os 2-0 aos citizens, por falta que o árbitro assinalou de nacho Moreal sobre Raheem Sterling.

"Dois penáltis claros. Talvez que o Arsène que aquilo é [um] penálti", disparou o treinaodr espanhol na flash-interview da Sky Sports após o triunfo do Manchester City em casa do Huddersfield Town, no domingo, passados os tais 22 dias sobre a afirmação do francês sobre Sterling que, na sua opinião, "mergulha muito bem".

Guardiola defendeu os seu jogador falando em duas faltas para penálti no espaço de um minuto no jogo frente ao Huddersfield Town, sendo que apenas uma foi assinalada pelo árbitro Craig Pawson - a primera será numa disputada de bola com o guarda-redes Jonas Lössi e a segunda com o lateral Scott Malone, a qual sancionada.

"Foi um movimento brilhante para ganhar a falta do penálti. É impossível ganhar todos os jogos facilmente, pois esta liga é muito dura. Os rapazes competiram de forma fantástica e foi por isso que vencemos", salientou Guardiola.
Por António Espanhol
Deixe o seu comentário
SUBSCREVA A NEWSLETTER RECORD GERAL
e receba as notícias em primeira mão

Ultimas de Inglaterra

Notícias

Notícias Mais Vistas

M