Ex-jogador de Mourinho revela estratégia do português para "arruinar a festa" ao Liverpool

Antigo guarda-redes do Chelsea recorda episódio

• Foto: Reuters

Em 2014 o Liverpool esteve muito perto de festejar o título de campeão inglês, mas segundo conta Mark Schwarzer, antigo guarda-redes do Chelsea, José Mourinho esteve por trás da frustação dos red, na altura comandados por Brendan Rodgers. O título acabaria nas mãos do Manchester City. 

À BBC, Schwarzer, que habitaulmente era suplente de Petr Cech, recorda como teve um papel secundário na estratégia delineada por Mourinho.

"Convém não esquecer que tínhamos o jogo com o Atlético Madrid para a Champions poucos dias depois. Eu nunca pensei jogar aqueles jogos, mas o Cech lesionou-se e entrei. O Mourinho não queria o Liverpool campeão. Nem ele, nem o nosso balneário. Ele não andou bem naquela semana, estava doente e a palestra durou uns sete ou oito minutos. Deixou alguns jogadores importantes em Londres e tínhamos algumas lesões… Jogaram o Ivanovic no centro da defesa e o Kalas, uma estreia na Premier", começou por explicar o guarda-redes à BBC.

"O Mourinho disse-nos que o segredo seria frustrar o Liverpool. Dizia que tínhamos de os ‘irritar’ e que essa estratégia ia resultar, porque eles iriam abrir espaços lá atrás e teríamos as nossas oportunidades. Disse-me para, quando a bola saísse, perdesse tempo desde o primeiro minuto, para perder tempo. Para andar e não correr. O público e os jogadores ficaram loucos, nunca tinha visto Anfield assim. Arruinámos a festa deles", lembrou Schwarzer.

6
Deixe o seu comentário

Últimas Notícias

Notícias
Subscreva a newsletter

e receba as noticias em primeira mão

ver exemplo

Ultimas de Inglaterra

Notícias

Notícias Mais Vistas