Funcionária do Manchester City atacada com ácido

Vítima seguia de carro, com o vidro aberto, e vestia um top com as cores do clube

• Foto: Reuters

Uma funcionária do Manchester City foi vítima de um ataque com ácido nas imediações do estádio do clube, poucos dias depois de a equipa treinada por Pep Guardiola ter garantido o título na Premier League. O 'Daily Mail' escreve que a polícia está a investigar o caso, suspeitando que por trás deste ataque possa esta alguma forma de fanatismo desportivo.

A mulher, de 20 anos, viajava de carro, com a janela aberta, e vestia um top com o símbolo do clube o que, segundo o 'Daily Mail', pode ter sido o motivo do ataque. Num semáforo os atacantes, que viajavam num Range Rover branco, lançaram-lhe um líquido corrosivo, que a atingiu na cara e os olhos.

A funcionária do Manchester City foi conduzida a um hospital, onde recebeu tratamento médico. Já teve alta e está a ter todo o apoio necessário por parte do clube.

Os atacantes terão gritado palavras de ordem contra os citizens, mas o City nega que o seu staff esteja a ser alvo de ataques e não considera que a jovem tenha sido agredida por vestir as cores do clube.

Deixe o seu comentário

Últimas Notícias

Notícias
SUBSCREVA A NEWSLETTER RECORD GERAL
e receba as notícias em primeira mão

Ultimas de Inglaterra

Notícias

Notícias Mais Vistas

Copyright © 2019. Todos os direitos reservados. É expressamente proibida a reprodução na totalidade ou em parte, em qualquer tipo de suporte, sem prévia permissão por escrito da Cofina Media S.A. Consulte a Política de Privacidade Cofina.