Granit Xhaka ouvido pela polícia de Londres por alegados insultos racistas

Incidente ocorreu no aeroporto de Heathrow

• Foto: Reuters
O internacional suíço Granit Xhaka, futebolista dos ingleses do Arsenal, foi ouvido pela polícia de Londres por alegados insultos racistas a um trabalhador do aeroporto de Heathrow.

"A polícia foi chamada na segunda-feira depois de alegadamente um trabalhador do aeroporto ter sofrido moléstias raciais no terminal cinco de Heathrow. A acusação foi feita por uma terceira pessoa", disse a polícia londrina.

Por sua vez, o Arsenal, que no verão pagou 35 milhões de euros aos alemães do Borussia Moenchengladbach pelo passe do atleta de origem kosovar, reagiu dizendo ser "um assunto privado que está nas mãos da polícia".

As autoridades revelam que o suspeito "não foi preso", uma vez que se "apresentou voluntariamente" na polícia, que vai prosseguir com o inquérito.

Xhaka foi ao aeroporto acompanhar um amigo, que se terá atrasado: alegadamente, o futebolista atacou verbalmente o funcionário, em língua alemã.

O atleta de 24 anos, que começava a ganhar espaço na equipa de Arsène Wenger, foi expulso pela segunda vez esta época no domingo no último desafio do Arsenal, um triunfo por 2-1 sobre o Burnley.
Por Lusa
Deixe o seu comentário

Últimas Notícias

Notícias
Subscreva a newsletter

e receba as noticias em primeira mão

ver exemplo

Ultimas de Inglaterra

Notícias

Notícias Mais Vistas