Hazard e o jogo do City: «Podíamos ter jogado mais três horas que eu não tocava na bola»

Extremo belga do Chelsea numa indireta ao treinador Antonio Conte

• Foto: EPA

O Chelsea entrou em campo para defrontar o Manchester City com um 'onze' sem ponta-de-lança no qual Eden Hazard era o jogador mais avançado no terreno. A estratégia de Antonio Conte acabou por não evitar a derrota, com Bernardo Silva a fazer o único golo do encontro (46').

As críticas a esta falta de 'atrevimento' do treinador italiano não tardaram e vieram até de um jogador dos blues, o próprio Hazard. De forma indireta e 'suave', a estrela maior dos blues falou de tática, assinalando: "Deixei o relvado com a impressão de que corri sem ter jogado um jogo de futebol. É uma pena."

"Podíamos ter ficado ali a jogar mais três horas que eu nunca teria tocado na bola", prosseguiu o internacional belga, reforçando: "Só para o fim do jogo é que as coisas melhoraram para nós. Nos últimos 10/15 minutos conseguimos ter mais posse de bola, mas era isso que deviamos ter tentado fazer durante todo o jogo. Foi difícil. Frente ao Barcelona ainda conseguimos criar algumas oportunidades e podíamos ter marcado mais golos. Mas agora nem uma criámos." 

"Foi complicado encontrar uma forma de ultrapassar a pressão que eles fizeram. Mal a bola chegava a um dos nossos havia logo três ou quatro jogadores deles que o cercavam. Também fizemos alguns maus passes. Não foi um bom jogo. Temos de trabalhar mais de forma melhorar no próximo jogo", encerrou Hazard.

Para enquadrar estas declarações do extremo dos blues é determinante acrescentar que foi substituído aos 90', por Álvaro Morata, e passou por Conte sem sequer olhar para o treinador. Por seu turno, o italiano só fez a primeira alteração no onze aos 78 minutos, colocando Olivier Giroud no lugar de Willian.

Deixe o seu comentário

Últimas Notícias

Notícias
Subscreva a newsletter

e receba as noticias em primeira mão

ver exemplo

Ultimas de Inglaterra

Notícias

Notícias Mais Vistas

Copyright © 2020. Todos os direitos reservados. É expressamente proibida a reprodução na totalidade ou em parte, em qualquer tipo de suporte, sem prévia permissão por escrito da Cofina Media S.A. Consulte a Política de Privacidade Cofina.