Hiddink avisa Conte que será complicado

No modesto 10.º posto, Chelsea recebe Man. City

O facto de o Chelsea ter só perdido uma vez em casa frente ao Manchester City na Premier League nos últimos 17 confrontos podia dar todo o favoritismo aos blues para o jogo de hoje. Mas não. Com 13 pontos de vantagem sobre o ainda campeão inglês, os citizens querem segurar um lugar direto na Champions, frente a um Chelsea que tem como objetivo terminar esta época terrível de cabeça erguida. E Guus Hiddink, que rendeu José Mourinho, lançou um aviso ao sucessor, Antonio Conte, sobre as dificuldades que vai encontrar em Londres.

"Vai ser muito complicado voltar a colocar o Chelsea nos primeiros quatro lugares", alertou o técnico interino. "Na próxima época vai entrar em vigor um novo contrato televisivo que vai aumentar o poder financeiro dos clubes. Vai-se investir muito em 2016/17 e o Chelsea vai sentir dificuldades para voltar ao topo. Não há garantias de que possa chegar lá nos próximos tempos", comentou o holandês de 69 anos, que lamenta que não haja motivação: "Tem sido estranho. Este clube habituou-se a estar envolvido na luta pelos títulos. Sentimo-nos vazios. Não há títulos para conquistar. Antes lutávamos por títulos, agora nada está em jogo."

Do lado do City, Pellegrini não quer os jogadores a pensar na Liga dos Campeões. "Temos três jogos na liga antes do jogo com o Real. Queremos fazer nove pontos e chegar ao terceiro lugar. A liderança já não depende de nós", comentou o chileno, que não contará com Silva e Kompany.

Por Diogo Jesus
Deixe o seu comentário

Últimas Notícias

Notícias
Subscreva a newsletter

e receba as noticias em primeira mão

ver exemplo

Ultimas de Inglaterra

Notícias

Notícias Mais Vistas

Copyright © 2020. Todos os direitos reservados. É expressamente proibida a reprodução na totalidade ou em parte, em qualquer tipo de suporte, sem prévia permissão por escrito da Cofina Media S.A. Consulte a Política de Privacidade Cofina.