Hiddink: «Lesão de Falcão é muito séria»

Técnico do Chelsea antecipa regresso, no mínimo, para março

• Foto: Reuters

Guus Hiddink abordou este sábado o nível de gravidade da lesão de Radamel Falcão e classificou-a como "muito séria". O avançado colombiano não joga oficialmente desde 31 de outubro, na derrota dos blues frente ao Liverpool. O técnico do Chelsea perspetiva que o ex-FC Porto não estará de volta ao ativo antes de março.

"Ainda estamos a alguns meses do regresso, está muito longe [de voltar]. Estamos quase no final de janeiro, depois vem fevereiro. Normalmente são precisas seis, sete, oito semanas com esta grave lesão. A lesão é muito séria", disse em declarações à Sky Sports dando conta do que se passou para estar tempo indisponível.

"Foi uma lástima porque estava muito ansioso para regressar. Isto é um pouco do problema. Ele quis provar a si mesmo e foi aí que teve uma recaída da lesão".

Recorde-se que o vicepresidente do Monaco, Vadim Vasilyev, garantiu que o avançado emprestado pelo Monaco ao Chelsea não voltou nesta janela de transferência ao principado precisamente devido a problemas físicos.


Por Flávio Miguel Silva
Deixe o seu comentário

Últimas Notícias

Notícias
Subscreva a newsletter

e receba as noticias em primeira mão

ver exemplo

Ultimas de Inglaterra

Notícias

Notícias Mais Vistas

Copyright © 2019. Todos os direitos reservados. É expressamente proibida a reprodução na totalidade ou em parte, em qualquer tipo de suporte, sem prévia permissão por escrito da Cofina Media S.A. Consulte a Política de Privacidade Cofina.

0